UMA APLICAÇÃO DO ÍNDICE DE QUALIDADE DO ATERRO (IQR) NA ÁREA DE DISPOSIÇÃO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS DO MUNICIPIO DE CORRENTE-PI

Autores

  • Patrine Nunes Gomes Instituto Federal do Piaui
  • Cecília de Souza Carvalho Instituto Federal do Piaui
  • Luzirrany Soares Lopes Instituto Federal do Piaui
  • Luana de Castro Pereira Instituto Federal do Piaui
  • Marcília Martins da Silva Instituto Federal do Piaui
  • Israel Lobato Rocha Instituto Federal do Piauí
  • Arnon Nunes Batista Instituto Federal do Piaui

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v9e12020445-459

Palavras-chave:

Meio ambiente, Impactos, Lixão.

Resumo

Atualmente, sabe-se que o forte crescimento populacional tem acarretado inúmeros problemas que tem prejudicado tanto o meio ambiente quanto a saúde pública, no qual pode-se destacar a grande geração de resíduos sólidos. Sabe-se que a disposição inadequada dos resíduos sólidos pode ocasionar uma série de impactos ambientais, tais como o assoreamento dos cursos d’água, a contaminação dos lenções freáticos, poluição do ar, solo dentre outros. E na maioria das vezes as áreas de disposição final não possuem uma estrutura adequada, desta forma objetivou-se com este estudo analisar o sistema de disposição final dos resíduos sólidos do município de Corrente-PI. Para a realização dessa pesquisa foram feitas visitas in loco a área de disposição final do município e foi feita a aplicação do índice de qualidade do aterro (IQR), utilizando-se a metodologia adotada pela CETESB que consiste na aplicação do questionário padronizado desenvolvido “checklist”, considerando estrutura de apoio, frente de trabalho, taludes e bermas, superfície superior, estrutura de proteção ambiental, outras informações e característica da área.   Os resultados demonstram que a área de disposição final dos resíduos sólidos do município de Corrente-PI apresenta condições consideradas inadequadas, pois apresentou um IQR com valor 1,27. Os resultados demonstram ainda que em se tratando das características do local o mesmo se enquadra nos parâmetros, isso em relação à localização. Portanto, seria de suma importância à implantação de um aterro sanitário associado com os municípios vizinhos, onde os mesmos podem assim dividir os custos da implantação do aterro sanitário.

Biografia do Autor

Patrine Nunes Gomes, Instituto Federal do Piaui

Técnica em Meio Abiente formada em 2016 e Tecnologa em Gestão Ambiental formada pelo Instituto Federal do Piaui-Campus Corrente no ano de 2019.

Cecília de Souza Carvalho, Instituto Federal do Piaui

Tecnologa em Gestão Ambiental formada pelo Instituto Federal do Piaui-Campus Corrente no ano de 2019.

Luzirrany Soares Lopes, Instituto Federal do Piaui

Tecnologa em Gestão Ambiental formada pelo Instituto Federal do Piaui-Campus Corrente no ano de 2019.

Luana de Castro Pereira, Instituto Federal do Piaui

Tecnologa em Gestão Ambiental formada pelo Instituto Federal do Piaui-Campus Corrente no ano de 2019.

Marcília Martins da Silva, Instituto Federal do Piaui

Professora do curso de Tecnologa em Gestão Ambiental no Instituto Federal do Piaui-Campus Corrente

Israel Lobato Rocha, Instituto Federal do Piauí

Professor e coodernador do curso de Tecnologa em Gestão Ambiental no Instituto Federal do Piaui-Campus Corrente

Arnon Nunes Batista, Instituto Federal do Piaui

Professor do curso de Tecnologa em Gestão Ambiental no Instituto Federal do Piaui-Campus Corrente

Downloads

Publicado

2020-04-20

Edição

Seção

Artigos