DELIMITAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE APP ATRAVÉS DO USO DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA (SIG): O CASO DAS APP’S NOS CURSOS DE ÁGUA DA SUB-BACIA DO LAJEADO PARDO, NOROESTE DO RS

Autores

  • Aline Haas UDESC
  • Sabrina Rodrigues da Conceição UDESC
  • Leônidas Descovi Filho UFSC.
  • Jairo Afonso Henkes Unisul

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v7e32018640-649

Palavras-chave:

Bacia hidrográfica. Áreas de Preservação Permanente. Sistema de Informações Geográficas.

Resumo

O uso de tecnologias como o Sistema de Informação Geográfica (SIG) tem eficácia na identificação e no controle de áreas específicas e podem ser implementadas em curto prazo em diferentes escalas. A utilização destas tecnologias vem crescendo rapidamente em todo o mundo, uma vez que ela possibilita um melhor gerenciamento de informações tornando possível analisar as mudanças ou problemas que ocorrem em um determinado local, permitindo a tomada de decisão em áreas de grande complexidade. O presente estudo utilizou o software Quantum GIS (QGIS) o qual é uma ferramenta do sistema de informação geográfica, para delimitar e caracterizar as Áreas de Preservação Permanente (APP) de uma sub-bacia do Lajeado Pardo, localizada entre os municípios de Frederico Westphalen e Taquaruçu do Sul no estado do Rio Grande do Sul.

Biografia do Autor

Aline Haas, UDESC

Engenheira Ambiental e Sanitarista, formada pela Universidade Federal de Santa Maria-RS, Mestra em Ciências Ambientais pela Universidade Estadual de Santa Catarina – UDESC. E-mail: eng.alinehaas@gmail.com

Sabrina Rodrigues da Conceição, UDESC

Engenheira Ambiental e Sanitarista. E-mail: sabri-ea@hotmail.com

Leônidas Descovi Filho, UFSC.

Doutorado em Geografia – UFSC. E-mail: leonpprs@gmail.com

Jairo Afonso Henkes, Unisul

4 Mestre em Agroecossistemas (UFSC). Especialista em Administração Rural (UNOESC). Engenheiro Agrônomo (UDESC). Professor do Curso de Administração, do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental e do Programa de Pós Graduação em Gestão Ambiental da Unisul.  E-mail: jairo.henkes@unisul.br

Downloads

Publicado

2018-10-03

Edição

Seção

Estudos de Caso