LOGÍSTICA REVERSA DOS ÓLEOS RESIDUAIS EM CURITIBA ESTUDO DE CASO EM SANTA FELICIDADE E PROJETO DE EDUCAÇÃO À RECICLAGEM

Autores

  • Isabel Larsen Universidade Federal do Paraná
  • Regina Weinschutz Universidade Federal do Paraná
  • Mônica Beatriz Kolicheski Universidade Federal do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v8e12019973-993

Palavras-chave:

Óleos e Gorduras Residuais. Logística Reversa. Educação Ambiental.

Resumo

Os óleos e gorduras residuais (OGR) são resíduos oriundos dos processos de fritura dos alimentos e, quando descartados incorretamente apresentam riscos ao meio ambiente, saúde pública, além de incrementarem os custos no tratamento de esgoto. Este estudo teve por finalidade fazer um levantamento, a partir do âmbito doméstico, sobre a logística reversa dos óleos e gorduras residuais em Curitiba-PR. A primeira etapa consistiu na identificação das iniciativas existentes na cidade e no encontro com os principais atores envolvidos na coleta e reciclagem deste resíduo. Paralelamente realizou-se um estudo de caso no bairro de Santa Felicidade, cujo objetivo era revelar o conhecimento dos residentes sobre o tema da reciclagem de OGR. Na terceira parte da pesquisa, participou-se no Colégio Estadual Francisco Zardo a um projeto de educação ambiental criado por alunos com propósito de coletar OGR e, a partir deste resíduo, produzir sabão artesanal. Destas três experiências conjuntas, resultou evidente o desconhecimento da população sobre o tema da reciclagem de OGR, e, portanto, a necessidade de educação ambiental permanente e transdisciplinar.

Biografia do Autor

Isabel Larsen, Universidade Federal do Paraná

Mestrado em Meio Ambiente Urbano e Industrial - Universidade Federal do Paraná, SENAI e Universidade de Stuttgard.

Especialização em Bitecnologia - Universidade Federal de Lavras (UFLA). 

Graduação em Ciências biológicas  - Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE).

Professora de Biologia e Ciências na Rede Estadual de Ensino do Paraná.

Regina Weinschutz, Universidade Federal do Paraná

Doutorado em Engenharia Química pela Universidade Estadual de Campinas (SP).

Mestrado em Tecnologia de Alimentos pela Universidade Federal do Paraná

Professora Titular da Engenharia Química da UFPR e do Mestrado em Meio Ambiente Urbano e Industrial (MAUI) da UFPR.

Mônica Beatriz Kolicheski, Universidade Federal do Paraná

Doutorado em PIPE - Programa Interdisciplinar de Pós Graduação pela Universidade Federal do Paraná

Mestrado em Tecnologia de Alimentos pela Universidade Federal do Paraná

Professora da Engenharia Química da UFPR e do Mestrado em Meio Ambiente Urbano e Industrial (MAUI) da UFPR.

Downloads

Publicado

2019-04-04

Edição

Seção

Estudos de Caso