PRODUÇÃO DE ENERGIA RENOVÁVEL A PARTIR DE ÁRVORES ARTIFICIAIS INDUZIDAS PELO VENTO

Autores

  • Jorge Luis Palacios-Felix UFFS
  • Jandira Leichtweis UFFS
  • Aline de Oliveira Schonarth UFFS
  • Juliano Roberto Alves Garcia UFFS

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v7e22018452-464

Palavras-chave:

Meio ambiente. Energia renovável. Coleta de energia. Vento.

Resumo

O desenvolvimento acelerado das atividades antrópicas e seu consequente impacto no meio ambiente tem evidenciado a necessidade de preservar os recursos naturais e buscar constantemente por novas fontes de energia limpa e renovável. Dentre essas, destaca-se a coleta de energia “Energy Harvesting”, que consiste em capturar energia mecânica presente no ambiente e converte-la em energia elétrica. A microgeração de energia através dos fenômenos do fluxo eólico vem sendo uma área de grande interesse da sociedade para aplicações em diversas situações. Diante desse contexto, o objetivo deste trabalho é apresentar uma plataforma de energia eólica de pequeno porte, baseada nas vibrações de piezoelétricos induzidos pelo vento e, assim, obter-se dados gráficos a partir de um osciloscópio digital para analisar a voltagem adquirida. No experimento, utilizou-se um ventilador convencional com velocidade máxima de 5,05 ms-1 para produção de fluxo de vento e um polímero piezoelétrico com capacidade de alcance de 25 volts para geração de energia. Para obter melhores resultados acoplou-se um material de plástico de três dimensões: 08 x 10 cm; 10 x 10 cm; e 10 x 12 cm ao polímero piezoelétrico com finalidade de aumentar a sua vibração e de avaliar as respostas obtidas. Os resultados obtidos foram de voltagens não harmônicas de amplitudes desiguais e maiores (picos). A configuração de 10 x 12 cm com posição do piezoelétrico no centro superior da estrutura plástica obteve em sua maioria valores de voltagem superiores aos demais, ou seja, se mostrou mais eficiente na obtenção de energia elétrica.

Biografia do Autor

Jorge Luis Palacios-Felix, UFFS

Doutor em Engenharia Mecânica pela UNICAMP. Professor efetivo do Curso de Engenharia Ambiental e Sanitária e do Programa de Pós Graduação em Ambiente e Tecnologias Sustentáveis da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) campus Cerro Largo, RS. E-mail: jorge.felix@uffs.edu.br

Jandira Leichtweis, UFFS

Graduanda de Engenharia Ambiental e Sanitária, Bolsista da FAPERGS na Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS)Campus Cerro Largo, RS. E-mail: jandytweis@hotmail.com

Aline de Oliveira Schonarth, UFFS

Graduanda de Engenharia Ambiental e Sanitária, Bolsista da FAPERGS na Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS)Campus Cerro Largo, RS. E-mail: alineschonarth@hotmail.com

Juliano Roberto Alves Garcia, UFFS

Mestrando no Programa de Pós Graduação em Ambiente e Tecnologias Sustentáveis da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) Campus Cerro Largo, RS. E-mail: julianorogarcia@gmail.com

 

Downloads

Publicado

2018-04-27

Edição

Seção

Artigos