ANÁLISE SOCIOECONÔMICA DE CATADORES DE MATERIAIS RECICLÁVEIS DO MUNICÍPIO DE SOROCABA (SP)

Autores

  • Junior Farias de França
  • Darllan Collins da Cunha e Silva
  • Haroldo Lhou Hasegawa
  • Renan Angrizani Oliveira

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v6e12017550-565

Palavras-chave:

eoprocessamento, Censo demográfico, Análise estatística, Cooperativa, Escolaridade.

Resumo

As cooperativas de coleta, triagem e venda de materiais recicláveis desenvolvem importantes serviços às cidades, desde redução de gastos municipais com a destinação de resíduos quanto à geração de emprego. A Central de Reciclagem da Zona Oeste de Sorocaba (CRZO) é uma das cooperativas que desempenham tais atividades no município de Sorocaba (SP). Por isso, o objetivo desse estudo foi avaliar através de um questionário aplicado aos cooperados e dados do censo demográfico se o ambiente em que vivem interfere na situação socioeconômica deles, especialmente na sua escolaridade. Para isso foi utilizado uma análise estatística e ferramentas de geoprocessamento. Foi possível identificar que as únicas variáveis que explicam o número de anos estudados pelos cooperados são o número de filhos e a taxa de pessoas alfabetizadas com 5 ou mais anos de idade pelo número total de residentes no setor censitário. O método aplicado nesse estudo é um importante instrumento que pode auxiliar os gestores públicos que desejam elaborar um plano de gerenciamento de resíduos sólidos com uma visão mais holística para essa problemática.

Biografia do Autor

Junior Farias de França

Mestrando em Ciências Farmacêuticas pela Universidade de Sorocaba.

Darllan Collins da Cunha e Silva

Graduação e mestrado em Engenharia Ambiental pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Doutor em Ciências Ambientais pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” Unesp – Sorocaba/SP. Professor e coordenador do curso de Engenharia Ambiental da Universidade de Sorocaba (Uniso).

Haroldo Lhou Hasegawa

Professor Adjunto no Curso de Engenharia de Materiais. Universidade Federal de Itajubá-UNIFEI, campus Itabira-MG.

Renan Angrizani Oliveira

Mestrando em Processos Tecnológicos e Ambientais pela Universidade de Sorocaba.

Downloads

Publicado

2017-05-10

Edição

Seção

Estudos de Caso