A GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS: UM ESTUDO DE CASO NO MUNICÍPIO DE GUARATINGUETÁ

Autores

  • Elder Roberson Giannico Braga
  • Jairo Afonso Henkes

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v6e12017609-638

Palavras-chave:

Resíduos sólidos urbanos, Gestão de resíduos, Reciclagem

Resumo

Este estudo teve como objetivo analisar a atual situação da gestão dos resíduos sólidos na prefeitura do município de Guaratinguetá, identificando os aspectos prin-cipais que devem ser considerados para uma gestão adequada dos resíduos sóli-dos, procurando seguir as diretrizes da Lei nº 12.305/10, que institui a Política Naci-onal de Resíduos Sólidos (PNRS).  Os principais estudos e parâmetros utilizados para a elaboração deste trabalho foram os diagnósticos dos serviços prestados e a forma de sua execução, a tipificação dos resíduos sólidos. Este trabalho contou com a colaboração da Prefeitura Municipal de Guaratinguetá, Cooperativa “Amigos do Lixo”, Serviços Autônomos de Água de Guaratinguetá, entre outros profissionais da área. Este estudo gerou conhecimentos sobre a situação atual da gestão de resí-duos sólidos urbanos no município de Guaratinguetá, por meio do diagnóstico situ-acional e da avaliação das oportunidades de melhoria. Verificou-se que para aten-der a política nacional de resíduos sólidos o município precisa adotar a prática da compostagem, que além da viabilidade econômica é vantajosa por agregar valor aos resíduos, gerar novos empregos e, principalmente, por aumentar a vida útil dos ater-ros e melhorar as condições ambientais.

Biografia do Autor

Elder Roberson Giannico Braga

Acadêmico do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental/Unisul Virtual.

Jairo Afonso Henkes

Mestre em Agroecossistemas. Especialista em Administração Rural. Engenheiro Agrônomo. Profes-sor do Curso de Administração, do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental e do Pro-grama de Pós Graduação em Gestão Ambiental da Unisul.

Downloads

Publicado

2017-05-10

Edição

Seção

Estudos de Caso