DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E AGLOMERAÇÕES INDUSTRIAIS: UMA ANÁLISE DOS ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS DE CONFECÇÕES E TÊXTEIS DOS MUNICÍPIOS DE RONDONÓPOLIS E PRIMAVERA DO

Autores

  • Luís Otávio Bau Macedo Universidade Federal de Mato Grosso
  • Gesinaldo Ataíde Cândido Universidade Federal de Campina Grande
  • Francisca Nathália de Sousa Leite Universidade Federal de Mato Grosso

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v6e22017517-533

Palavras-chave:

Aglomerados, sustentabilidade, indústria têxtil

Resumo

O objetivo do presente trabalho consiste em comprovar por meio do cálculo do Quociente Locacional a existência de APLs da indústria de vestuário e artefatos têxteis nos municípios de Rondonópolis e Primavera do Leste. Adicionalmente, busca-se relacionar a aglomeração industrial e setorial com o desenvolvimento sustentável desses municípios, para isso foi utilizado para a análise comparativa o IDSM – Índice de Desenvolvimento Sustentável para Municípios. A metodologia de cálculo de Quociente Locacional foi empreendida seguindo-se o estudo de Suzigan (2006), enquanto que a técnica de cálculo do IDSM foi elabora a partir de Martins e Cândido (2008). A pesquisa verificou a existência de concentração industrial nos municípios propostos e constatou que estes lograram posições elevadas no que se refere ao IDSM mato-grossense, ficando atrás apenas da capital do estado, Cuiabá. Esse resultado pode ser apontando como um indício de que a aglomeração industrial traz consigo fatores positivos à qualidade de vida da população nos municípios pesquisados.  

Biografia do Autor

Luís Otávio Bau Macedo, Universidade Federal de Mato Grosso

Professor Adjunto

Departamento de Ciências Econômicas

Gesinaldo Ataíde Cândido, Universidade Federal de Campina Grande

Professor Titular

Programa de Pós-Graduação em Recursos Naturais

Francisca Nathália de Sousa Leite, Universidade Federal de Mato Grosso

Bolsita PIBIC

Departamento de Ciências Econômicas

Downloads

Publicado

2017-08-01

Edição

Seção

Estudos de Caso