O PAPEL DAS UNIVERSIDADES DE SANTA CATARINA E SUAS ESTRATÉGIAS DE ATUAÇÃO NA RIO +20

Autores

  • Rogério Santos da Costa Universidade do Sul de Santa Catarina ,Unidade Centro, Programa de Pós Graduação em Administração, Florianópolis, Santa Catarina
  • José Baltazar Salgueirinho Osório de Andrade Guerra Unisul
  • João Marcelo Pereira Ribeiro Unisul

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v3e22014247-272

Palavras-chave:

Desenvolvimento sustentável, Sustentabilidade, Estratégias, Universidades, Comitê Facilitador

Resumo

O presente estudo discute o papel da universidade na disseminação do conceito de desenvolvimento sustentável no Estado de Santa Catarina. O objetivo do artigo é analisar as estratégias de atuação de dois centros universitários do Estado de Santa Catarina na difusão dos resultados da Conferência Mundial para o Desenvolvimento Sustentável (RIO+20). A delimitação dos conceitos de desenvolvimento e sustentabilidade permitiu uma análise global do assunto, bem como a divulgação dos resultados da Rio+20 no Estado catarinense. As IES objeto de estudo foram a Universidade Federal de Santa Catarina e a Universidade do Estado de Santa Catarina, que apoiaram o Comitê Facilitador da Sociedade Civil Catarinense para a Rio+20 no levantamento e apresentação das demandas da sociedade catarinense para Rio+20. O estudo buscou delimitar as estratégias destas universidades na promoção do desenvolvimento sustentável pós Conferência Mundial para o Desenvolvimento Sustentável, no ano 2012, compreendendo as ações pertinentes aos projetos de cada universidade. Trata-se de uma pesquisa qualitativa de caráter exploratório com estudo de caso.

Biografia do Autor

Rogério Santos da Costa, Universidade do Sul de Santa Catarina ,Unidade Centro, Programa de Pós Graduação em Administração, Florianópolis, Santa Catarina

Atualmente é professor da Universidade do Sul de Santa Catarina - Unisul, atuando como Docente do Programa de Pós-Graduação em Administração . É Doutor em Ciência Política (Política Internacional) pela UFRGS, Mestre em Administração (Políticas e Planejamento Governamental) e Bacharel em Ciências Econômicas, ambos pela UFSC. É membro fundador e atual líder do Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Administração, Relações Internacionais e Turismo - GIPART, onde co-organiza o Seminário de Pesquisa Interdisciplinar - SPI,

José Baltazar Salgueirinho Osório de Andrade Guerra, Unisul

Diretor e Professor da Unisul Business School (Universidade do Sul de Santa Catarina, UNISUL, Brasil). Coordenador, junto da UNISUL, de dois projetos de pesquisa: JELARE - Joint European-Latin American Universities Renewable Energies Project e REGSA – Promoting Renewable Electricity Generation in South America, ambos os projetos são financiados pela União Europeia (através do programa ALFA III e do programa temático para o ambiente e gestão sustentável dos recursos naturais, incluindo energia). Membro dos comités científicos dos Simpósios Mundiais sobre Desenvolvimento Sustentável nas Universidades (WSSD-U-2012, evento paralelo da Rio+20  e WSSD-U-2014) e do Green Campus Summit (2013). Autor e organizador de vários livros nas áreas de Economia, Relações Internacionais, Ambiente, Sustentabilidade e Energias Renováveis.

João Marcelo Pereira Ribeiro, Unisul

Graduado em Relações Internacionais, Graduando em Direito, pesquisador do GIPART.

Downloads

Publicado

2014-11-11

Edição

Seção

Artigos