INTEGRAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL E A LOGÍSTICA REVERSA EM UMA INDÚSTRIA DE PROCESSO DE REPARAÇÃO DE PNEUS

Autores

  • Ullisses Siza Silva Programa de Pós Graduação em Processos Construtivos e Saneamento Urbano da Universidade Federal do Pará
  • Aline Maria Meiguins de Lima Universidade Federal do Pará
  • Dênio Ramam Carvalho de Oliveira Universidade Federal do Pará, Curso de Pós Graduação em Processos Construtivos e Saneamento
  • Ronaldo Lopes Rodrigues Mendes Universidade Federal do Pará, Curso de Pós Graduação em Processos Construtivos e Saneamento

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v3e12014143-164

Palavras-chave:

Logística Reversa, Gestão Ambiental, SWOT, ISSO 14001.

Resumo

A logística reversa é considera uma das aéreas da logística convencional, utilizada como ferramenta estratégica para o mercado e como de fundamental importância para a gestão ambiental empresarial, apoiada nos critérios de certificação ambiental por meio da ISO 14001. Este artigo discute a logística reversa e a gestão ambiental aplicadas ao processo de reparação de pneus, por meio de metodologias qualitativas que relacionem o grau de convergência das duas ações. Considerando-se as etapas de implementação do sistema de gestão ambiental avaliou-se os procedimentos de logística reversa, tendo como base as medidas regulamentares que devem ser cumpridas por uma empresa. A área de estudo de caso foi uma empresa vinculada ao Polo Industrial de Manaus (PIM). Como método foi empregada a matriz SWOT (S – Strengths; W – Weaknesses; O – Opportunities; T – Threats), que possibilitou identificar os pontos de maior vulnerabilidade e de potencial de desenvolvimento. Os resultados desta etapa foram analisados segundo a Convergência/Divergência entre as fases componentes da logística reversa e os componentes do sistema de certificação ISO 14001 (Ciclo PDCA). A final obteve-se como resposta que a eficiência da adequação da logística reversa à gestão ambiental, na empresa em análise, é de moderada a baixa, sendo os principais problemas associados ao monitoramento e incorporação de melhorias contínuas. A metodologia proposta possibilitou traçar um perfil adaptável a qualquer outro segmento que pretenda associar a logística reversa ao sistema de gestão ambiental, definindo os principais elos de articulação para o sucesso das duas propostas.

Biografia do Autor

Aline Maria Meiguins de Lima, Universidade Federal do Pará

Graduação em Geologia pela Universidade Federal do Pará (1998), especialização em Gestão Normativa de Recursos Hídricos pela Universidade Federal da Paraíba (2007), mestrado em Geotecnia pela Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo (2000) e doutorado em Desenvolvimento Socioambiental pelo Núcleo de Altos Estudos Amazônicos da Universidade Federal do Pará (2007), com ênfase em análise espacial de bacias hidrográficas. Atualmente é Professora da Universidade Federal do Pará. Tendo atuado como professora da Universidade do Estado do Pará e do Centro Universitário do Pará; e como técnica em recursos hídricos e Coordenadora de Informação e Planejamento Hídrico na Secretaria de Estado de Meio Ambiente. Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Geologia Ambiental, atuando principalmente nos seguintes temas: recursos hídricos, geomorfologia ambiental, gestão ambiental, sistema de informações geográficas e geotecnia.

Downloads

Publicado

2014-05-28

Edição

Seção

Artigos