UMA ANALISE NOS IMPACTOS AMBIENTAIS CAUSADOS NA LAGOA DA CONCEIÇÃO PELO DESPEJO DE EFLUENTES

Autores

  • Jennyfer Silva Vieira Unisul
  • Jairo Afonso Henkes Unisul

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v2e22013309-337

Palavras-chave:

Lagoa da Conceição, Poluição, Efluentes Domésticos, Balneabilidade, Sustentabilidade Ambiental.

Resumo

A geração de esgotos cresce a cada dia, e junto com ela cresce também o despejo irregular de águas residuárias em lagos, lagoas, lagunas, rios e mares. O esgoto doméstico lançado diretamente, sem tratamento, pode produzir diversos problemas à comunidade, afetando a saúde da população, consumindo o oxigênio da água e ao longo do tempo, consequentemente matando a vida existente no meio aquático. A poluição também afeta a economia local, principalmente em lugares turísticos como o caso da Lagoa da Conceição que fica no bairro de mesmo nome, no município de Florianópolis - SC. A Lagoa da Conceição vem sofrendo muito com a poluição acumulada durante os anos, e um dos principais causadores dessa poluição é o despejo de efluentes domésticos. Este problema, afeta a balneabilidade do local, que é um dos principais pontos turísticos, da cidade de Florianópolis. O contexto histórico da urbanização local pode explicar como a cultura e a falta de planejamento agravou o problema com o passar do tempo, pois a região do entorno da Lagoa dispõe de um sistema de saneamento pequeno e subdimensionado. Afim de amenizar os problemas, os representantes políticos locais propõem o aumento e ampliação da rede coletora de esgotos no bairro da Lagoa da Conceição.

Biografia do Autor

Jennyfer Silva Vieira, Unisul

Acadêmica do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental – Unisul Virtual.

Jairo Afonso Henkes, Unisul

Professor do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental e do Programa de Pós Graduação em Gestão Ambiental da Unisul. Mestre em Agroecossistemas. Especialista em Administração Rural.

Downloads

Publicado

2013-10-14

Edição

Seção

Estudos de Caso