AVALIAÇÃO DOS METODOS PARA APLICAÇÃO DA ANÁLISE DO INVENTÁRIO DO CICLO DE VIDA NA INDÚSTRIA MOVELEIRA

Autores

  • Luciana Amaral Stradioto Neto UDESC
  • Nicollas Luiz Schweitzer de Souza UFSC/UNISUL
  • Ivete de Fátima Rossato UNISUL
  • Jairo Afonso Henkes UNISUL http://orcid.org/0000-0002-3762-471X
  • Sandro Keine UDESC

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v9e42020126-152

Palavras-chave:

Avaliação do Ciclo de Vida (ACV). Gestão Ambiental. Metodologias ACV.

Resumo

O Sistema de Gestão Ambiental é indispensável dentro das indústrias de todos os setores, uma vez que a valorização dos produtos e processos que prezam pelo meio ambiente são tendências mundiais. Estudos mostram a necessidade de integrar o gerenciamento ambiental e as estratégias de manufatura das empresas, visando aspectos como a redução de resíduos e uso eficiente de recursos para diminuir os impactos ambientais gerados pela indústria. A Avaliação do Ciclo de Vida (ACV) é uma ferramenta de gestão ambiental que auxilia na determinação do impacto causado ao meio ambiente durante o processo de fabricação de um produto. Neste estudo, a metodologia ACV foi aplicada em um item do setor moveleiro do Planalto Norte Catarinense, com o objetivo avaliar a aplicabilidade dos métodos na análise do inventário do ciclo de vida nas indústriaS de móveis. Os resultados obtidos através da utilização do software SimaPro quantificaram o impacto ambiental total em diversos aspectos da natureza, bem como a emissão de gases responsáveis pelo aquecimento global gerados durante o ciclo de vida do berço ao portão - “cradle to gate” do produto. Uma comparação entre as metodologias de cálculo de impacto ReCiPe, CML e ILCD foi realizada para avaliar a padronização das mesmas, e demonstrou a divergência de resultados para algumas categorias, alertando para a necessidade de critérios rigorosos de escolha.

 

Biografia do Autor

Luciana Amaral Stradioto Neto, UDESC

Graduada em Engenharia de Produção, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). E-mail: luciana_stradioto@hotmail.com

Nicollas Luiz Schweitzer de Souza, UFSC/UNISUL

Mestrando em Engenharia de Produção (UFSC). Engenheiro de Produção (UNISUL 2019). E-mail: nicollas_schweitzer@hotmail.com

Ivete de Fátima Rossato, UNISUL

Professora. Doutora em Engenharia de Produção (UFSC, 2002), Mestre em Engenharia de Produção (UFSC,1996). Licenciada em Química/UFSM (1987), Engenheira Química (UFSM,1993). E-mail: ivete.rossato@unisul.br

Jairo Afonso Henkes, UNISUL

Doutorando em Geografia (UMinho, 2019). Mestre em Agroecossistemas (UFSC, 2006). Especialista em Administração Rural (UNOESC, 1997). Engenheiro Agrônomo (UDESC, 1986). Professor dos Cursos de Ciências Aeronáuticas, Administração, Engenharia Ambiental, do CST em Gestão Ambiental e do Programa de Pós Graduação em Gestão Ambiental da Unisul.  E-mail: jairohenkes333@gmail.com

Sandro Keine, UDESC

Professor. Mestre. Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). E-mail: sandro.keine@udesc.br

Downloads

Publicado

2020-12-29

Edição

Seção

Artigos