CONDIÇÕES DE LEITURA, RECEPÇÃO E EXEGESE DA OBRA BAKHTINIANA NO BRASIL

Autores

Palavras-chave:

Obra bakhtiniana. Tradução. Recepção.

Resumo

Este estudo apresenta elementos sobre as condições de leitura, recepção e exegese da obra bakhtiniana no Brasil. Para isso, levanta alguns aspectos biográficos de Bakhtin, Volóchinov e Medviédev, bem como um breve panorama histórico da recepção de seus textos na França, especialmente no final dos anos 60, com J. Kristeva. Ainda analisa quatro paratextos das obras de autores do Círculo de Bakhtin, com os quais debate as condições de leitura a partir de questões de tradução e recepção. Ao final, com base nas contribuições de Beth Brait, apresenta uma leitura da obra bakhtiniana com foco na Análise Dialógica do Discurso.

Biografia do Autor

Nathan Bastos de Souza, Universidade Federal de São Carlos. Doutorando em Linguística.

Doutorando em Lingística pela Universidade Federal de São Carlos. Mestre em Linguística pela UFSCar. Graduado em Letras- línguas portuguesa e espanhola e e respectivas literaturas pela Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA).

Gabriella Cristina Vaz Camargo, Universidade Estadual Paulista Júlio Mesquita Filho (UNESP/FCLAr) Campus Araraquara. Doutoranda em Linguística e Língua Portuguesa

Doutoranda em Linguística e Língua Portuguesa - UNESP Campus Araraquara. Mestra em Estudos da Linguagem - UFG Regional Catalão Graduada em Letras Português e Inglês - UFG Regional Catalão

Grenissa Bonvino Stafuzza, Universidade Federal de Catalão (UFCAT). Professora Associada da Unidade Acadêmica de Letras e Linguística e do Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem.

Doutora em Linguística e Língua Portuguesa - UNESP Campus Araraquara. Mestre em Estudos Linguísticos pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Graduado em Letras Português e Inglês pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). 

Downloads

Publicado

2022-01-25