MENSAGEM DE FIM DE ANO E “BLITZ” EM ESCOLAS: UMA ANÁLISE SOBRE DISCURSO, VIOLÊNCIA E AMEAÇA NO PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO NO BRASIL

Autores

Palavras-chave:

Lingustica, Análise do Discurso, Violência, Escola sem Partido

Resumo

O movimento autointitulado “Escola sem Partido”, segundo seu sítio oficial, seria “uma iniciativa conjunta de estudantes e pais preocupados com o [suposto] grau de contaminação político-ideológica das escolas brasileiras em todos os níveis: do ensino básico ao superior”. Para investigar, por meio da análise de discurso crítica, a construção discursiva de ameaça e violência em torno desse movimento, tomam-se como objetos analíticos dois textos disponíveis na Internet, um do âmbito organizacional do Programa e um de mídia jornalística online. O primeiro texto intitula-se “Mensagem de Fim de Ano”, e o segundo texto é uma notícia do jornal Estado de São Paulo sobre visitas surpresa em escolas de São Paulo. O objetivo das análises é refletir sobre como o discurso particular de censura do Programa “Escola sem Partido” pode ser legitimado em gêneros específicos (mensagem e notícia) e inculcado em estilos projetados na construção de identidades e identificações de grupos sociais.

Palavras-chave: discurso, “Escola sem Partido”, violência.

Biografia do Autor

RENATA RENA RODRIGUES, UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA

Graduação em Letras Português-Literatura (2003) pela Universidade Federal de Viçosa, Especialista em Linguística e Literatura Comparada (2005) pela mesma instituição. Mestre em Letras Teoria Literária e Crítica da Cultura (2008) pela Universidade Federal de São João Del Rei, vinculando-se à linha de pesquisa Discurso e Representação Social - estudo dos processos de representação social em práticas discursivas e textuais, abordando aspectos referentes aos gêneros, à estrutura e aos recursos formais de linguagem, com o objetivo de refletir sobre as relações entre discurso, cultura e sociedade. Cursando Doutorado no Programa de Desenvolvimento e Cooperação Internacional, linha de Políticas Públicas, da Universidade de Brasília. Docente do Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Viçosa.

Viviane Melo Resende, Universidade de Brasília

Doutora em Linguística (Linguagem e Sociedade) pela Universidade de Brasília (UnB), Viviane Resende é professora associada do Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas (LIP/UnB). Em 2016, realizou pesquisa pós-doutoral junto ao Poslin/UFMG. Em 2018, realizou estágio pós-doutoral na Universidad Pompeu Fabra. É pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Linguística (PPGL/UnB), orientando na área de Linguagem e Sociedade, especificamente em Análise de Discurso Crítica, e no Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional (PPGDSCI/UnB), orientando na área de Políticas Públicas. É Delegada no Brasil da Associação Latino-Americana de Estudos do Discurso, e faz parte do Conselho Executivo do Research Committee 25 (RC25 - Language and Society) da International Sociological Association (ISA). É membro da Red Latinoamericana de Analisis Critico del Discurso y Pobreza (REDLAD). Tem artigos em diversos periódicos nacionais e internacionais, como Critical Discourse Studies, Discourse & Communication, Language, Discourse & Society, D.E.L.T.A., Alfa, Cadernos de Linguagem e Sociedade, Calidoscópio, Qualitative Research, Journal of Multicultural Discourses, Discourse & Society, Discurso & Sociedad, Observatório da Imprensa, Linguagem em (Dis)Curso, entre outros. É editora da Revista Latinoamericana de Estudios del Discurso (ao lado de Teresa Oteiza, da PUC-Chile), e editora de resenhas dos Cadernos de Linguagem e Sociedade, periódico para o qual organizou três dossiês temáticos, um sobre Análise de Discurso Crítica (2011, com Viviane Ramalho) e dois sobre ADC e populações empobrecidas (2013, 2017). É membro do corpo editorial da revista Sur le Journalisme, para o qual organizou, com María Laura Pardo e Greg Nielsen, um volume temático sobre Jornalismo e Pobreza, e da revista Romanica Olomusencia (República Tcheca). A partir dos números de 2019, é editora da revista Discurso & Sociedad, com Teresa Oteíza (Chile) e António Bañon (Espanha). É autora dos livros Análise de discurso crítica: um método de pesquisa qualitativa (com Izabel Magalhães e André Martins, Brasília: Editora da UnB, 2017), Análise de Discurso (para a) Crítica: o texto como material de pesquisa (com Viviane Vieira, 2 ed. Campinas: Pontes, 2016), Análise de Discurso Crítica e Realismo Crítico: implicações interdisciplinares (Campinas: Pontes, 2009) e Análise de Discurso Crítica (com Viviane Ramalho, 2 ed. São Paulo: Contexto, 2009). Recentemente, organizou os livros Outras perspectivas em análise de discurso crítica (com Jacqueline Regis, Campinas: Pontes, 2017), Diálogos sobre resistência (com Rose Barboza, Campinas: Pontes, 2017) e Discurso e Pobreza (com Carolina Araújo, Campinas: Pontes, 2018). É Membro da Câmara de Assessoramento Técnico Científico da FAPDF. Pesquisadora do CNPq (PQ 2, 2015-2017; 2018-2020).

Downloads

Publicado

2020-03-31