POR UMA ANÁLISE SISTEMÁTICA DA METAFORICIDADE NO DISCURSO

Autores

Palavras-chave:

Discurso, Metaforicidade, Gênero, Análise.

Resumo

Inserido no campo dos estudos da metáfora no discurso (DEIGNAN, 2005; STEEN, 2007; MÜLLER, 2008), este trabalho introduz um instrumento sistemático e consistente para a avaliação da metaforicidade da linguagem metafórica identificada no discurso. Definindo metaforicidade como a possibilidade de reconhecimento de uma expressão metafórica como tal, esse instrumento assume, de um lado, a noção de recurso de ativação (MÜLLER, 2008) como um dispositivo crucial na determinação dessa propriedade e, de outro, a noção de gênero como sua principal base de análise (DIENSTBACH, 2017). Este trabalho apresenta parâmetros que compõem esse instrumento, acompanhados, a título de exemplificação, de excertos de textos autênticos identificados com diferentes gêneros. Por fim, discute algumas questões em aberto relativas à elaboração desse método e os tipos de análise que poderiam fazer algum uso dele.

Biografia do Autor

Dalby Dienstbach, Fundação Getúlio Vargas - FGV

É doutor em Linguística pela Universidade Federal Fluminense, e bacharel em Letras, com habilitação em tradução, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. É analista de apoio à pesquisa na Diretória de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getúlio Vargas. É membro do grupo de pesquisa Grupo de Estudo da Metáfora. Tem participado e contribuído com grupos de pesquisa e de extensão envolvendo linguística cognitiva, psicolinguística, metáforas no discurso, análise de gêneros, estudos da tradução, análise de políticas públicas. Tem atuado acadêmica e profissionalmente nas áreas de revisão, formatação e normalização de textos; de produção e tradução de conteúdo; de análise de redes; e de ensino de inglês como língua adicional.

Downloads

Publicado

2018-07-09