Abordagem neurolinguística do texto narrativo: um enfoque teórico

Autores

  • Gislaine Machado Jerônimo
  • Lilian Cristine Hübner

Palavras-chave:

Texto narrativo, Níveis de processamento, Compreensão textual, Neurolinguística

Resumo

O texto narrativo permeia a experiência humana, pois se trata de um texto de uso frequente. No entanto, compreender esse tipo de texto não é uma tarefa simples, uma vez que a compreensão perpassa diferentes níveis, como propõe o Modelo de Processamento Textual, de Kintsch; Van Dijk (1978, 1983), Van Dijk (1992, 2010), Kintsch (1998), Kintsch; Rawson (2013). Sob o prisma da Neurolinguística, trazemos os seguintes questionamentos: como se dá a compreensão do texto narrativo e como os hemisférios cerebrais processam esse tipo de texto? O que estudos experimentais com neuroimagem nos dizem a esse respeito? Quais áreas cerebrais estão imbricadas no processamento da narrativa? A fim de discutir essas questões com base na literatura e oferecer aporte teórico a pesquisas na área, trazemos contribuições da Linguística e da Neurociência sobre a forma como os hemisférios cerebrais cooperam para a representação do texto narrativo.

Biografia do Autor

Gislaine Machado Jerônimo

Mestre em Linguística pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Doutoranda em Linguística (PUCRS).

Lilian Cristine Hübner

Doutora em Linguística. Professora Adjunta da Faculdade e do Programa de Pós-graduação em Letras-Linguística da PUCRS. Bolsista de Produtividade em Pesquisa – CNPq.

Downloads

Edição

Seção

Retrospectiva