FATORES DE DECISÃO NA IMPLANTAÇÃO DE TERMINAL PORTUÁRIO PÚBLICO E PRIVADO NO CORREDOR LOGÍSTICO DE EXPORTAÇÃO ARCO NORTE

Autores

  • Felipe George Gomes Pereira Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI)
  • Rui Carlos Botter
  • Leo Tadeu Robles

DOI:

https://doi.org/10.19177/reen.v13e0I2020225-247

Palavras-chave:

Logística de exportação de soja, Análise multicritério, Plataformas logísticas, Planejamento portuário.

Resumo

Este artigo discute os fatores de decisão para a implementação de terminais portuários especializados na região conhecida como Arco Norte, portos localizados no Nordeste e Norte do país. O Analytic Hierarchy Process (AHP) ferramenta de decisão foi utilizado para aplicação de questionário com especialistas portuários e os gestores. Os resultados mostraram uma grande relevância para os critérios Porto Localização (54%), seguido por Económico e Financeiro (27,8%), Desempenho e Dimensionamento (11,2%) e Contrato e Legislação (6,9%). O estudo concluiu que a prioridade é para Terminais de Uso Privativo, considerando a situação atual do país e os investimentos nos terminais portuários privados em vigor nos últimos anos.

Biografia do Autor

Felipe George Gomes Pereira, Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI)

 

Doutorando em Engenharia Mineral pela Universidade de São Paulo
Endereço: Av. Prof. Luciano Gualberto, n. 908, Butantã, CEP: 05508-010. São Paulo, SP, Brasil

Telefone: (11) 3091-5960

Rui Carlos Botter

 

Doutorado em Engenharia Naval e Oceânica pela Universidade de São Paulo

Professor e pesquisador na Universidade de São Paulo
Endereço: Av. Prof. Luciano Gualberto, n. 908, Butantã, CEP: 05508-010. São Paulo, SP, Brasil

Telefone: (11) 3091-5960

Leo Tadeu Robles


Doutorado em Administração pela Universidade de São Paulo

Professor pesquisador associado da Universidade Federal do Maranhão (UFMA)
Endereço: Av. dos Portugueses, n. 1966, Vila Bacanga, CEP: 65080-805. São Luís, MA, Brasil

Telefone: (98) 3272-8000

Referências

BICHOU, K. & GRAY, R. (2004). A logistics and supply chain management approach to port performance measurement. Maritime Policy and Management. V.1, pp. 47-67.

CONAB (2017). Companhia Nacional de Abastecimento. Compêndio de Estudos. Estimativa do escoamento das exportações do complexo soja e milho pelos portos nacionais safra 2016/17. V. 6, 2017. Brasília: Conab. Disponível em: . Acessado in Sept., 2, 2017.

CNT (2015). Confederação Nacional do Transporte. Transporte e desenvolvimento. Entraves logísticos ao escoamento de soja e milho. Brasília (DF). Disponível em: <http://cms.cnt.org.br/Imagens%20CNT/PDFs%20CNT/Pesquisa%202015/entravesa atualizado.pdf>. Acessado in Sept., 3, 2017.

BRASIL (2013). Presidência da República. Lei Nº 12.815, de 5 de Junho de 2013. Disponível em <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011- 2014/2013/lei/l12815.htm>. Acessado in Sept., 5, 2017.

BRASIL (2017). Presidência da República. Decreto Nº 9.048, de 10 de maio de 2017. Disponível em < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015- 2018/2017/decreto/D9048.htm>. Acessado in Sept., 5, 2017.

BROOKS, M. R.; CULINANE, K. P. B. & PALLIS, A. A. (2017). Revisiting Port Governance and Port Reform: A multi-country examination. Research in Transportation Business and Management. V. 22, pp. 1-10.

CAIXETA FILHO, J. V. (2006). Novos corredores devem mudar matriz de transporte. Visão Agrícola. Ano 3, N. 5, ESALQ/USP. Disponível em: <https://www.cepea.esalq.usp.br/br/artigos/especial-agro-a-logistica-do-escoamento- da-safra-brasileira.aspx>. Acessado in Jun., 21, 2018.

CEPEA (2017). Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada – ESALQ/USP. Índices de exportação do agronegócio – 2017. Disponível em: <https://www.cepea.esalq.usp.br/upload/kceditor/files/Cepea_ExportAgro 2017_(1). pdf>. Acessado in June, 22, 2018.

CUTRIM, S. S.; ROBLES, L. T. & PEREIRA, N. N. (Org.) Tópicos Estratégicos Portuários. São Luís (MA): EDUFMA, pp. 262: il. (e-book), V. 1, 2015. Disponível em <http://www.ufma.br/portalUFMA/arquivo/NMzzkp157qtQfA7.pdf>. Acessado in Sept., 7, 2017.

DU, T. AHP Analysis for Evaluation of European Container Port Performance. MSc Dissertation. Erasmus University Rotterdam, 2015. Disponível em <https://thesis.eur.nl/pub/41195/Du-T.-AHP-Analysis-for-Evaluation-of-European- Container-Port-Performance.pdf>. Acessado in Sept., 10, 2017.

FERREIRA, E. V. Movimento Pró-Logística do Mato Grosso. A importância do Arco Norte na competitividade da exportação agropecuária. Brasília, DF, Brasil: Hidroviáveis, Brasília, 2017. Disponível em <http://hidroviaveis.com.br/biblioteca-tecnica/>. Acessado in Oct., 7, 2017.

FIESP (2016). Federação das Indústrias do Estado de São Paulo. Avaliable at <http://www.fiesp.com.br/>. Acessado in Feb., 5. 2017.

GALVÃO, C. B.; ROBLES, L. T. & GUERISE, L. C. 20 years of port reform in Brazil: Insights into the reform process. Research in Transportation Business & Management. V. 22, pp. 153–160, 2017.

GARTNER, I. R.; ROCHA, C. H. & GRANEMANN, S. R. (2012). Modelagem multicriterial aplicada a problemas de regulação em áreas portuárias privatizadas. RAC, Rio de Janeiro, v. 16, n. 4, art. 1, pp. 493-517, Jul./Ago. 2012. Disponível em: <http://www.anpad.org.br/rac>. Acessado in Feb., 6, 2017.

HARIS KHAN, M. Impacts of globalization on port competitiveness. Pakistan & Gulf Economist. Is. 19. May, 2014.

HIBERNON FILHO, H. M.; CUTRIM, S. S.; ROBLES, L. T. & PEREIRA, N. N. Potencial e limitações para o escoamento de soja pelos portos da Região Norte. João Pessoa, PB, Brasil. Anais do Enegep – Encontro Nacional de Engenharia de Produção, 2016.

IBGE (2017). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Levantamento sistemático da produção agrícola – Tabela 1618. Disponível em: <https://sidra.ibge.gov.br/tabela/1618>. Acessado in Jun., 10, 2018.

LIRN, T. C.; HATHANOPOULOU, M. J. & BERESFORD, A. C. K. Anapplication of AHP on Transshipment Port Selection: A Global Perspective. Maritime Economics & Logistics, V. 6, pp. 70-91, 2004.

LOUREIRO, J. F.; FREITAS, R. R. & GONZALES, W. Proposta de um método de localização para expansão de um terminal portuário por meio do Analytic Hierarchy Process (AHP). Revista Espacios, v. 36, n. 10, pp. 7, 2015. Disponível em: <http://www.revistaespacios.com/a15v36n10/15361008.html>. Acessado in Nov., 2, 2017.

MAGALHÃES, J. R. & BOTTER, R. C. Modelo de análise multicritério de apoio à decisão para aprovação de novos terminais portuários privativos no Brasil. I Congresso Internacional de Desempenho Portuário, 2015. Disponível em: <http://www.cidesport.com.br/sites/default/files/36873.pdf>. Acessado in Sept., 27, 2017.

MALCHOW, M. & KANAFANI, A. A Disaggregate Analysis of Port Selection. Transportation Research Part E, 40, 317-337, 2004.

MAPA, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Secretaria de Política Agrícola. Projeções do agronegócio - Brasil 2016/2017 a 2026/27. Projeções de longo prazo. Brasília (DF). Agosto de 2017. Disponível em: <http://www.agricultura.gov.br/assuntos/politica-agricola/todas-publicacoes-de- politica-agricola/projecoes-do-agronegocio/projecoes-do-agronegocio-2017-a-2027- versao-preliminar-25-07-17.pdf>. Acessado in Nov., 6, 2017.

MAPA, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Infraestrutura e Logística. Disponível em http://www.agricultura.gov.br/assuntos/politica- agricola/infraestrutura-e-logistica/infraestrutura-e-logistica. Acessado em Julho de 2018.

MARINS, C. S.; SOUZA, D. O. & BARROS, M. S. O uso do método de Análise Hierárquica (AHP) na tomada de decisões gerenciais – Um estudo de caso. Anais do XLI Simpósio Brasileiro de Pesquisa Operacional – SOBRAPO. Porto Seguro (BA), 2009. Disponível em <http://sobrapo.org.br/simposio/XLI- 2009/XLI_SBPO_2009_artigos/artigos/55993.pdf>. Acessado in Sept., 27, 2017.

MAZZA, M. & ROBLES, L. T. Análise dos fatores de decisão na escolha de portos brasileiros na logística de exportação de carga conteinerizada na perspectiva do embarcador: Uma proposta metodológica. Bauru (SP): Anais do XI SIMPEP – Simpósio de Engenharia de Produção, 2004.

MEERSMAN, H.; VAN DE VOORDE, E. & VANELSLANDER, T. Port Competition Revisited. Review of Business and Economic Literature, Intersentia, vol. 55(2), pp. 210-233, Jun, 2010.

MTPA. Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil. Sistema Portuário Nacional. Disponível em <http://www.transportes.gov.br/sistema- portu%C3%A1rio.html>. Acessado in Jun., 24, 2018.

NAZEMZADEH, G. M. & VANELSLANDER, T. The container transport system: Selection criteria and business attractiveness for North-European ports. Maritime Economics & Logistics. N. 17, pp. 221-245, 2015.

NIR, A-S.; LIN, K.; LIANG, G-S. Port choice behaviour – from the perspective of the shipper. Maritime Policy and Management, V. 2, pp. 165-173, 2003.

PINHEIRO, P. C.; KAGAN, H.; XAVIER, M.; ZNAMENSKY, A. Aplicação do método de análise hierárquica ao problema de priorização de investimentos em estradas vicinais no Estado de São Paulo. Anais do XVII Congresso de Pesquisa e Transporte - ANPET – Associação Nacional de Planejamento Estratégico de Transportes. IME: Rio de Janeiro (RJ). Outubro, 2003.

PORTODESANTOS. Infraestrutura. Acesso ferroviário. Disponível em: <http://www.portodesantos.com.br/infraestrutura/acesso-ferroviario/>. Acessado in Jun., 23, 2018.

RODRIGUE, J. P. & NOTTEBOOM, T. The Containerization of commodities, 2017.1. A new growth dynamics for containerization. In RODRIGUE, J-P. The Geography of Transport Systems. 4th Ed. (2017). New York: Routledge, 440 pages. Chapter 11. Applications and Case Studies. Disponível em: <https://transportgeography.org/?page_id=8394>. Acessado in Sept., 22, 2017. SAATY, T. L. (1996). The Analytic Hierarchy Process. Rws Publications.

SAATY, T. L. Decision making with the analytic hierarchy process. International Journal of Services Sciences, Vol. 1, N. 1, pp. 83-98, 2008.

SILVA, A. C. S.; GUEDES, E. C. C.; RIBEIRO, J. R.; NASCIMENTO, L. P. A. S.;

BELDERRAIN, M. C. N. & CORREIA, A. R. Multiple criteria methods applied to select suppliers of a capital goods company. In: ISAHP Proceedings, Viña del Mar, Chile, August- 8-3, 2007. Disponível em: <http://www.isahp.org/2007Proceedings/Papers/Working%20Sessions/Suppliers%20 Selection/Capital%20Goods%20Company%20Suppliers%20Selection.pdf>. Acessado in Sept., 20, 2017.

SONG, D. W. & YEO, K-T. A Competitive Analysis of Chinese Container Ports Using the Analytic Hierarchy Process. Maritime Economics & Logistics. V.1, pp. 34-52, 2004.

SOPESP. Sindicato dos Operadores Portuários do Estado de São Paulo. Boletim de Inteligência Edição N. 1. O Novo Decreto Portuário. Disponível em <https://sopesp.com.br/boletim-de-inteligencia-edicao-n1/>. Acessado in Sept., 24, 2017.

TONGZON, J. L. Determinants of port performance and efficiency. Transportation Research, V. 3, pp. 245-252, 1995.

USDA. United States Department of Agriculture. Oilseeds World Market and Trade. June 2018. Disponível em <https://apps.fas.usda.gov/psdonline/circulars/oilseeds.pdf>. Acessado in Jun., 26, 2018.

Downloads

Publicado

2020-06-24

Edição

Seção

Artigos Científicos