IMPACTO DO INVESTIMENTO EM CAPITAL HUMANO NO DESEMPENHO ECONÔMICO-FINANCEIRO DAS EMPRESAS DO SEGMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA LISTADAS NA B3 S.A. - BRASIL BOLSA BALCÃO (B3)

Autores

  • Patrícia Pain Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Márcia Bianchi Universidade Federal do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.19177/reen.v13e22020105-129

Palavras-chave:

Capital Humano, Desempenho Econômico-financeiro, Investimento, Segmento de Energia Elétrica, Distribuição de Lucros e/ou Resultados.

Resumo

O objetivo desta pesquisa consistiu em analisar a influência do investimento em capital humano no desempenho econômico-financeiro das empresas do segmento de energia elétrica com ações cotadas pela B3 de 2013 a 2018. Para tal, foram analisadas as possíveis relações entre os indicadores de investimento em recursos humanos e os indicadores de medição do desempenho econômico-financeiro. Os resultados obtidos permitiram inferir que o investimento em capital humano por meio da distribuição de lucros e/ou resultados aos empregados impactaram positivamente no desempenho das organizações, cabendo às empresas avaliar e desenvolver programas para a distribuição de lucros, contribuindo positivamente para seu desempenho.

Biografia do Autor

Patrícia Pain, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Mestranda do programa de pós-graduação em comtroladoria e contabilidade pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Márcia Bianchi, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Professora adjunta do curso de Ciências Contábeis da Universidade Federal do Rio Grande do Sul/Porto Alegre-RS e professora do Pós-Graduação em Controladoria e Contabilidade da UFRGS

Referências

ANTUNES, M. T. P. Contabilidade e Capital Intelectual. In: SEMANA DE CONTABILIDADE DO BANCO CENTRAL DO BRASIL, 9., 2000. Anais eletrônicos[...]. São Paulo: Banco Central, 2000. Disponível em: http://www.bcb.gov.br/FTP/denor/maria-thereza-usp.pdf. Acesso em: 20 dez. 2019.

ÁVILA, R. Como fazer avaliação econômico financeira de empresas. 2014. In: Luz Lab de Ideias. Rio de Janeiro, 20 nov. 2014. Disponível em: https://blog.luz.vc/como-fazer/avaliacao-economico-financeira-de-empresas/. Acesso em: 25 jun. 2019.

BACKES, R. G. et al. Relação Entre os Investimentos Em Capital Humano e os Resultados Organizacionais. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 11., 2004. Anais eletrônicos [...]. Porto Seguro: CBC, 2004. Disponível em: https://anaiscbc.emnuvens.com.br/anais/article/viewFile/2326/2326 Acesso em: 20 ago. 2019.

BATISTA, H. G. Entenda a crise no setor elétrico: problemas começaram em 2012 e podem superar R$ 21 bilhões. O Globo. Rio de Janeiro, 25 mar. 2014. Disponível em: https://oglobo.globo.com/economia/entenda-crise-no-setor-eletrico-11977540. Acesso em: 20 ago. 2019.

BERCHIELLI, F. O. Investimento em Capital Humano. Revista de Administração Mackenzie, São Paulo, n. 1, p. 83-101, 2010.

BORBA, P. R. F. Relação entre desempenho social corporativo e desempenho financeiro de empresas no Brasil. 2005. Dissertação (Mestrado em Administração)  Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005.

BORTOLUZZI, S. C.; LYRIO, M. V. L.; ENSSLIN, L. Avaliação de desempenho econômico-financeiro: uma proposta de integração de indicadores contábeis tradicionais por meio da metodologia multicritério de apoio à decisão construtivista (MCDA-C). In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 15., 2008, Curitiba. Anais eletrônicos [...]. Curitiba: CBC, 2008. Disponível em: https://anaiscbc.emnuvens.com.br/anais/article/viewFile/1323/1323. Acesso em: 25 jun. 2019.

CARDOSO, G. F.; SALES, H. L. Análise de desempenho econômico-financeiro: um estudo de caso sobre a gestão financeira em uma cooperativa de crédito no município de montes claros - MG. 2015. Caderno de Ciências Agrárias, Montes Claros, n. 1, v. 7, p. 9-20, 2015.

CASTRO, N.; ROSENTAL, R. O Estado e o setor elétrico brasileiro. Rio de Janeiro, 24 out. 2016. Linkedin: Nivalde J. de Castro. Disponível em: https://pt.linkedin.com/pulse/o-estado-e-setor-el%C3%A9trico-brasileiro1-nivalde-j-de-castro. Acesso em: 10 maio 2019.

EDVINSSON, L. Longitude Corporativa: navegando pela economia do conhecimento. São Paulo: M. Books do Brasil, 2003.

EDVINSSON, L.; SULLIVAN, P. Developing a Model for Managing Intellectual Capital. European Management Journal, London, n. 4, p. 356-364, 1996.

FERREIRA JUNIOR, J. L. C. A importância do Capital Humano nas organizações. In: Webartigos. [S.l.], 6 set. 2016. Disponível em: https://www.webartigos.com/artigos/a-importancia-do-capital-humano-nas-organizacoes/145381. Acesso em: 10 maio 2019.

GIL, A. C. Metodologia do ensino superior. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2011.

GRAÇA, M. I. B. R. G.; BANDEIRA, A. M. A.; RAMOS, P. A. G. O investimento em capital humano e a criação de valor nas empresas: uma aplicação às Unidades Hospitalares E. P. E. Portuguesas. 2011. Dissertação (Mestrado em Contabilidade e Finanças) - Instituto Politécnico do Porto, Porto, 2011.

GRACIOLI, C. Impacto do capital intelectual na performance organizacional. 2005. 135f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2005.

HOFFMANN, R. Análise de regressão: uma introdução à econometria. 5. ed. Piracicaba: Edição do Autor, 2016. E-book. Disponível em: http://www.livrosabertos.sibi.usp.br/portaldelivrosUSP/catalog/download/73/64/310-1?inline=1. Acesso em: 25 out. 2019.

HONRADO, G.; CORREIA, M. M. F. Importância do capital intelectual na gestão estratégica das organizações. Revista Economia & Empresa, Lisboa, n. 11, 2010.

MARTINS, G. A.; THEÓPHILO, C. R. Metodologia da investigação científica para ciências sociais aplicadas. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

MARTINS, S. Aprenda a aplicar os três principais grupos de índices econômico-financeiros de análise das demonstrações financeiras. In: Max Educa. Tupã, SP, 10 fev. 2017. Disponível em: https://blog.maxieduca.com.br/indices-economico-financeiros/. Acesso em: 30 nov. 2019.

MATOS, O. C. de. Econometria básica: teoria e aplicações. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1997.

NUNES, P. Indicadores Económicos e Financeiros. In: Knoow.net. [S.l.], 16 jan. 2019. Disponível em: http://knoow.net/cienceconempr/gestao/indicadores-economicos-financeiros/. Acesso em: 30 nov. 2019.

OLIVEIRA, J. M.; BEUREN, I. M. O tratamento contábil do capital intelectual em empresas com valor de mercado superior ao valor contábil. Revista Contabilidade & Finanças, São Paulo, n. 32, p. 81-98, maio/ago. 2003.

ORELLANO, V. I. F.; QUIOTA, S. Análise do retorno dos investimentos socioambientais das empresas brasileiras. Revista de Administração de Empresas, São Paulo, SP, v. 51, n. 5, p. 471-484, set./out. 2011.

PARRA FILHO, D.; SANTOS, J. A. Metodologia científica. 1. ed. São Paulo: Cengage Learning, 2011.

PEROVANO, D.G. Manual de metodologia científica para a segurança pública e defesa social. 1. ed. Curitiba: Juruá, 2014.

RIBEIRO, M. C. G.; MACEDO, M. A. da S.; COSTA MARQUES, J. A. V. da. Análise da relevância de indicadores financeiros e não financeiros na avaliação de desempenho organizacional: um estudo exploratório no setor brasileiro de distribuição de energia elétrica. Revista de Contabilidade e Organizações, Ribeirão Preto, SP, v. 6, n. 15, p. 60-79, maio/ago. 2012.

SANTOS, A. P.; SILVA JÚNIOR, L.R. Balanço social: uma análise comparativa dos indicadores sociais internos e externos das instituições financeiras Caixa e Banco do Brasil 2002 a 2011. Revista UNEMAT de Contabilidade, Nova Mutum, MT, v.2, n.4, jul./dez. 2013.

SANTOS, J. P. Avaliação da Confiabilidade Humana. O Setor Elétrico, São Paulo, ed. 94, dez. 2013. Disponível em: https://www.osetoreletrico.com.br/avaliacao-da-confiabilidade-humana/. Acesso em: 25 jun. 2019.

SILVA, K. D. R. Um guia ágil do setor elétrico. R7, São Paulo, 2017. Disponível em: http://noticias.r7.com/blogs/economia-em-cinco-minutos/2017/09/20/um-guia-agil-do-setor-eletrico-2/. Acesso em: 20 ago. 2019.

STEWART, T. A. Capital Intelectual: a nova vantagem competitiva das empresas. 11. ed. Rio de Janeiro: Campus, 1998.

VAZ, C.; VIEGAS, C. V.; MALDONADO, M. U. Valorização do Capital Intelectual para as Organizações. In: CONGRESSO NACIONAL DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO, 12., 2016, Rio de Janeiro. Anais [...]. Rio de Janeiro: UFF, 2016. Disponível em: http://www.inovarse.org/sites/default/files/T16_209_0.pdf. Acesso em: 11 jan. 2020.

Downloads

Publicado

2020-11-25

Edição

Seção

Artigos Científicos