Estratégia mista da teoria dos jogos: formação de ranking empresarial

Autores

  • Alini da Silva Universidade Regional de Blumenau
  • Caroline Sulzbach Pletsch Universidade Regional de Blumenau
  • Nelson Hein Universidade Regional de Blumenau
  • Adriana Kroenke Universidade Regional de Blumenau

DOI:

https://doi.org/10.19177/reen.v8e1201532-55

Palavras-chave:

Teoria dos jogos, Estratégias mistas, Ranking, Desempenho econômico-financeiro.

Resumo

O objetivo deste estudo foi verificar o ranking das empresas de telecomunicações e de seus indicadores econômicos financeiros utilizando a estratégia mista da teoria dos jogos. Também se utilizou a correlação de Kendall para verificar alternância de posições no ranking das empresas e dos indicadores. Trata-se de um estudo descritivo, documental e quantitativo. Os dados foram coletados na base de dados Economática. Os resultados evidenciaram que houve pouca alternância das posições das empresas, representando correlação significante. A correlação dos indicadores foi forte e significante, por ter pouca alternância de posições. Os indicadores ROI, liquidez geral e liquidez corrente apresentaram-se como principais oponentes das empresas, uma vez que possuem importantes informações econômico-financeiras, podendo comprometer o desempenho das empresas no mercado ao não possuírem bons valores.

 

Biografia do Autor

Alini da Silva, Universidade Regional de Blumenau

Mestranda em Ciências Contábeis

Caroline Sulzbach Pletsch, Universidade Regional de Blumenau

Mestranda em Ciências Contábeis

Nelson Hein, Universidade Regional de Blumenau

Professor do Programa de Pós Graduação em Ciências Contábeis

Adriana Kroenke, Universidade Regional de Blumenau

Professora do departamento de Matemática

Referências

ABBADE, E. B. Análise de Alianças Estratégicas sob a ótica da Teoria dos Jogos. Revista de Administração da Unimep, 7(3), 24-45, 2009.

ALENCAR, A. G.; OMAKI, E. T.; DRUMOND JUNIOR, M. A.; PERES, I. M. Um Olhar da Teoria dos Jogos Sobre a Fusão da Sadia com a Perdigão. Encontro da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Administração. Anais... Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 2010.

BASTOS, D. D.; NAKAMURA, W. T.; DAVID, M.; ROTTA, U. A. S. A relação entre o retorno das ações e as métricas de desempenho: evidências empíricas para as companhias abertas no Brasil. REGE Revista de Gestão, 16(3), 65-79, 2009.

BEZERRA, F. A.; CORRAR, L. J. Utilização da análise fatorial na identificação dos principais indicadores para avaliação do desempenho financeiro: uma aplicação nas empresas de seguros. Revista de Contabilidade e Finanças–USP, São Paulo, (42), 50-62, 2006.

BLACKWELL, D.; GIRSHICK, M. Theory of games and statistical decisions. John Wiley & Sons, 1954.

BORTOLUZZI, S. C.; ENSSLIN, S. R.; LYRIO, L.; VASCONCELLOS, M.; ENSSLIN, L. Avaliação de desempenho econômico-financeiro: uma proposta de integração de indicadores contábeis tradicionais por meio da metodologia multicritério de apoio à decisão construtivista (MCDA-C). Revista Alcance, n. 18, v.2, 2011.

CHARNES, A. Constrained games and linear programming. Proceeding of the National Academy of Science, 39, 639-641, 1963.

DAVIS, M. Teoria dos jogos: uma introdução não-técnica. Prefácio de Oskar Morgenstern, tradução de Leonidas Hegenberg e Otanny Silveira da Mota. São Paulo: Cultrix, 1973.

DRESHER, M.; SHAPLEY, L.; TUCKER, A. W. Advances in game theory. Annals of Mathematical Studies, 39.Princeton University Press, 1957.

DRESHER, M.; TUCKER, A. W.; WOLFE, P. Contributions to the theory of game. Annals of Mathematical Studies, 52. Princeton University Press, 1964.

FERNÁNDEZ, F. R; MONROY, L.; PUERTO, J. Multicriteria goal games. Journal of optimization theory and applications, 99 (2), 403-421, 1998.

FIANI, R. Teoria dos jogos. 2 ed. Rio de Janeiro: Elsevier Brasil, 2006.

GALE, D. The theory of linear economic models. New York: McGraw-Hill, 1960.

GROSSMAN, S. I. Aplicaciones de algebra lineal. Mexico: McGraw-Hill, 1992.

HARSANY, J. C. Rational behavior and bargaining equilibrium in games and social situations. New York: Cambridge University Press, 1977.

HEIN, N.; KROENKE, A.; FARIA, T. M. B. Teoria dos Jogos em Sistemas de Informações Interdependentes. In: XX EPIO. Escuela de Perfeccionamento em Investigación Operativa, Buenos Aires, Argentina, 2009.

KAKUTANI, S. Concrete representation of abstract (M)-spaces (A characterization of the space of continuous functions). Annals of Mathematics, p. 994-1024, 1941.

KARLIN, S. Mathematical methods and theory in games. Programming and Economics, v. 2, New York: Addison-Wesley, 1959.

KREUZBERG, F. Indicadores econômicos versus indicadores sociais: uma análise de empresas listadas na BM&F Bovespa por meio da Teoria dos Jogos. Dissertação do Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis do Centro de Ciências Sociais Aplicadas da Universidade Regional de Blumenau, Santa Catarina, Brasil, 2013.

KROENKE, A.; HEIN, N.; RODRIGUES JUNIOR, M.M; HINSCHING, L. C.; WILHELM, V. E. Teoria dos Jogos abordados em artigos e eventos científicos na área de administração e contabilidade. XIX Erematsul. Anais… Santa Maria, RS, Brasil, 2013.

KUHN, H. W.; TUCKER, A. W. Contributions to the theory of games. Annals of Mathematical Studies, n. 24 and 28. Princeton University Press, 1950.

KUHN, H. W.; TUCKER, A. W. Contributions to the theory of games. Annals of Mathematical Studies, v 24 and 28. Princeton University Press, 1953.

LINS, M. P. E.; CALÔBA, G. M. Programação Linear: com aplicações em teoria dos jogos e avaliação de desempenho. Rio de Janeiro: Editora Interciência, 2006.

LOZANO, R. Addressing stakeholders and better contributing to sustainability through game theory. Journal of Corporate Citizenship, 43, 45-62, 2011.

LUCE, D.; RAIFFA, H. Games and decisions. New York: John Wiley ans Sons, 1957.

MANSHAEI, M. H.; ZHU, Q.; ALPCAN, T., BACŞAR, T.; HUBAUX, J. P. Game theory meets network security and privacy. ACM Computing Surveys (CSUR), v. 45, n. 3, 25, 2013.

MC KINSEY, J. C. C. Introduction to the theory of games. New York: McGraw-Hill, 1952.

MCCAIN, R. Cooperative games and cooperative organizations. The Journal of Socio-Economics, 37, 2155-2167, 2008.

MYERSON, R. B. Game theory. Harvard university press, 2013.

OWEN, G. Game theory. San Diego:W.B. Sauders, 1968.

PARTHASARATHY, T.; RAGHAVAN, T. E. S. Some topics in two-person games. American Elsevier, 1971.

RAPOPORT, A. Person game theory: concepts and aplications. Michigan: University of Michigan Press, 1970.

RAPOPORT, A. Two-person game theory: the essential ideas. Michigan: University of Michigan Press, 1966.

SANVICENTE, A. Z.; MINARDI, A. M. A. F. Identificação de indicadores contábeis significativos para a previsão de concordata de empresas. Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais, Working Paper, 1998.

SHUBIK, M. Market structure and behavior. Massachusetts: Harward University Press, 1980.

SHUBIK, M. Strategy and Market structure: competition, oligopoly and the theory of games. John Wiley & Sons, 1959.

SILVA, V.A.; CORDEIRO FILHO, J. B. Análise Crítica da produção científica em contabilidade: utilizando a Teoria dos Jogos, no suporte à tomada de decisões. 2010. Disponível em: <http://www.contabeis.ufba.br/Site/arquivos/Editor/file/Mestrado/Artigos>. Acesso em: 20 fev. 2014.

SINGLETON, R. R.; TYNDALL, W. F. Games and programs: mathematics for modeling. San Francisco, CA: Freeman, 327, 1974.

TUCKER, A. W.; LUCE, D. Contributions to the theory of games. Annals of Mathematical Studies, 4 (40). Princeton University Press, 1959.

VON NEUMANN, J. Zur theorie der gesellshaftsspiele. 296-320, 1928.

VON NEUMANN, J.; MORGENSTERN, O. Theory of games and economic behavior. Princeton: Princeton University Press, 1944.

VON NEUMANN, J.; MORGENSTERN, O. Theory of games and economic behavior. Princeton: Princeton University Press, 1953.

XU, Y.; LIU, J.; ZHONG, X.; CHEN, S. Lattice-valued matrix game with mixed strategies for intelligent decision support. Knowledge-Based Systems, v. 32, p. 56-64, 2012.

ZELENY, M. Multiple criteria decision making. New Yor: McGraw-Hill, 1982.

Downloads

Publicado

2015-04-29

Edição

Seção

Artigos Científicos