CAPITAL DE GIRO E DESEMPENHO FINANCEIRO: ESTUDO DE CASO EM UM TERMINAL PORTUÁRIO PRIVADO

Autores

  • Rodrigo Munhoz dos Santos FURG | Universidade Federal do Rio Grande
  • Fernando Rafael Cunha Universidade Federal do Rio Grande (FURG)

DOI:

https://doi.org/10.19177/reen.v14eI202185-109

Palavras-chave:

Capital de Giro, Desempenho Financeiro, Terminal Portuário.

Resumo

Estudos sobre a relação entre elementos do Capital de Giro e desempenho financeiro têm ganha destaque, principalmente após a crise financeira global de 2008. Entretanto, destaca-se a ausência de estudos aplicados a terminais portuários. Este estudo busca analisar, através de correlações e modelos de regressão, o desempenho financeiro de curto prazo de um terminal portuário privado brasileiro considerando dados de 2013 a 2020. Os Estoques e as Duplicatas a Pagar revelaram-se variáveis determinantes para compreender o desempenho financeiro no caso estudado. Estes elementos foram fundamentais para a geração de valor na gestão financeira de curto prazo da empresa. 

Biografia do Autor

Rodrigo Munhoz dos Santos, FURG | Universidade Federal do Rio Grande

I.C.E.A.C Furg

Referências

ALMEIDA, J. R. de; EID, W. Access to finance, working capital management and company value: Evidences from Brazilian companies listed on BM&FBOVESPA. Journal of Business Research, Mandsaur, v. 67, n. 5, p. 924-934, 2014.

ASSAF NETO, A. Finanças corporativas e valor. São Paulo: Atlas, 2003.

ASSAF NETO, A.; SILVA, C. A. T. Administração do Capital de Giro. São Paulo, Atlas, 2002.

ASSAF NETO, A; LIMA, F. G. Curso de administração financeira. São Paulo: Atlas, 2014.

BACKES, N. A. et al. D. Indicadores contábeis mais apropriados para mensurar o desempenho financeiro das empresas listadas na BOVESPA. Revista Eletrônica de Estratégia & Negócios, Florianópolis, v. 2, n. 1, p. 117-135, 2009.

BOISJOLY, R. P.; CONINE JR., T. E.; MACDONALD IV, M. B. Working capital management: financial and valuation impacts. Journal of Business Research, Mandsaur, n. 108, p. 1-8, 2020.

BORGES JÚNIOR, D. M. et al. Gestão do Capital de Giro e desempenho em tempos de crise: evidências de empresas no brasil, américa latina e estados unidos. Revista de Administração Contabilidade e Sustentabilidade (REUNIR), Campina Grande, v. 7, n. 2, p. 1-12, 2017.

BRAGA, R. Fundamentos e técnicas de administração financeira. São Paulo: Atlas, 1995.

CARVALHO JÚNIOR, C. V. de O. et al. Uso da margem de contribuição em controladoria: um estudo de caso em empresa de transporte urbano de passageiro. Revista de Contabilidade do Mestrado em Ciências Contábeis da UERJ, Rio de Janeiro, v. 14, n. 2, p. 2-17, 2010.

COCHRAN, P. L.; WOOD, R. A. Corporate social responsibility and financial performance. Academy of management Journal, Mandsaur, v. 27, n. 1, p. 42-56, 1984.

COELHO, A. C.; CARVALHO, L. N. Análise conceitual de lucro abrangente e lucro operacional corrente: evidências no setor financeiro brasileiro. Brazilian Business Review (BBR), Vitória, v. 4, n. 2, p. 119-139, 2007.

CORRÊA, A. C. C.; ASSAF NETO, A.; LIMA, F. G. Os indicadores financeiros tradicionais explicam a geração de valor no Brasil? Um estudo empírico com empresas não financeiras de capital aberto. Práticas em Contabilidade e Gestão, São Paulo, v. 1, n. 1, 2013.

COSTA, R. B. L. da et al. A influência da gestão do Capital de Giro no desempenho financeiro de empresas listadas na BM&FBOVESPA (2001-2010). Revista de Contabilidade e Controladoria (RC&C), Curitiba, v. 5, n. 1, p. 65-81, 2013.

FERREIRA, F.; PIMENTEL, R. C.; BEZERRA, F. A. O efeito da gestão trimestral do Capital de Giro sobre o desempenho: uma análise multissetorial. Revista de Auditoria, Governança e Contabilidade (RAGC), Monte Carmelo, v. 4, n. 14, p. 69-84, 2016.

FRANCIS, J.; SCHIPPER, K.; VINCENT, L. The relative and incremental explanatory power of earnings and alternative (to earnings) performance measures for returns. Contemporary Accounting Research, Canadá, v. 20, n. 1, p. 121-164, 2003.

FREZATTI, F.; AGUIAR, A. B. de. EBITDA: possíveis impactos sobre o gerenciamento das empresas. Revista Universo Contábil, Blumenau, v. 3, n. 3, p. 07-24, 2007.

GILL, A.; BIGER, N.; MATHUR, N. The relationship between working capital management and profitability: Evidence from the United States. Business and Economics Journal, Brussels, v. 10, n. 1, p. 1-9, 2010.

HAIR, J. F. et al. Análise multivariada de dados. Porto Alegre: Bookman Editora, 2009.

HERLING, L. H. D. et al. A pesquisa quantitativa nas finanças de curto prazo. Revista de Administração FACES Journal, Belo Horizonte, v. 12, n. 2, p. 116-137, jun. 2013.

KAYANI, U. N.; SILVA, T. A. de; GAN, C. A systematic literature review on working capital management: an identification of new avenues. Qualitative Research in Financial Markets, Bingley, v. 11, n. 3, p. 352-366, 2019.

KUSUMA, H.; BACHTIAR, A. D. Working capital management and corporate performance: evidence from Indonesia. Journal of Management and Business Administration Central Europe, Poland, 26, n. 2, p. 76-88, 2018.

LOBATO, F. T. R.; SILVA, A. P.; RIBEIRO, K. C. de S. O impacto da estratégia de crédito na liquidez e rentabilidade: uma análise das lojas de departamentos do setor de comércio varejista. Revista Contemporânea de Contabilidade, Florianópolis, v. 6, n. 12, p. 11-34, 2009.

MACHADO, M. A. R. et al. M. A. V. Análise da relevância do Ebitda versus fluxo de caixa operacional no mercado brasileiro de capitais. Advances in Scientific and Applied Accounting, São Paulo, v. 5, n. 1, p. 99-130, 2012.

MATIAS, A. B. Finanças corporativas de curto prazo. São Paulo: Atlas, 2007.

NGUYEN, A. T. H.; VAN NGUYEN, T. Working capital management and corporate profitability: empirical evidence from Vietnam. Foundations of Management, Warsaw, v. 10, n. 1, p. 195-195, 2018.

OLIVEIRA, J. F. da R. et al. Indicadores de desempenho e valor de mercado: uma análise nas empresas listadas na Bm&Fbovespa. Revista Ambiente Contábil, Natal, v. 9, n. 2, p. 240-258, 2017.

OLIVEIRA, R. S. de et al. Análise do impacto de recebíveis nos indicadores econômico-financeiro das organizações. In: ANAIS DO CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS (ABC), 25., 2018, Vitória. Anais [...]. Vitória: Associação Brasileira de Custos, 2018. p. 1-15.

REDIVO, R. B. Considerações sobre o cálculo da margem de contribuição: uma proposta para inclusão do custo de reposição e do custo de oportunidade. Revista de Ciências da Administração, Florianópolis, v. 6, n. 11, p. 1-19, 2004.

REN, T. et al. Working capital management and firm performance in China. Asian Review of Accounting, United Kingdom, v. 27, n. 4, p. 546-562, 2019.

RIBEIRO, M. G. C.; MACEDO, M. Á. da S.; MARQUES, J. A. V. da C. Análise da relevância de indicadores financeiros e não financeiros na avaliação de desempenho organizacional: um estudo exploratório no setor brasileiro de distribuição de energia elétrica. Revista de Contabilidade e Organizações, Ribeirão Preto, v. 6, n. 15, p. 60-79, 2012.

ROSS, S. A. et al. Administração financeira. 10. ed. Porto Alegre: Bookman, 2015.

SIMPSON, W. G.; KOHERS, T. The link between corporate social and financial performance: Evidence from the banking industry. Journal of Business Ethics, EUA, v. 35, n. 2, p. 97-109, 2002.

SOUSA, E. F. de et al. Avaliação dos portos públicos brasileiros: Gestão baseada em valor. Brazilian Business Review (BBR), Vitória, v. 17, n. 4, p. 439-457, 2020.

STUMPP, P. M. et al. Putting EBITDA in perspective: ten critical failings of EBITDA as the principal determinant of cash flow. In: ANNUAL HIGH YIELD BOND SEMINAR OF THE NEW YORK SOCIETY OF SECURITY ANALYSTS, 10., 2000, New York. Anais [...]. [S.l.] : Moody’s Research, 2000.

YIN, R. K. Estudo de Caso: planejamento e métodos. Porto Alegre: Bookman, 2001.

Downloads

Publicado

2021-05-27

Edição

Seção

Artigos Científicos